fbpx

O setor educacional sofreu um aumento considerável de ataques de spear-phishing no último ano

O setor educacional sofreu um aumento considerável de ataques de spear-phishing no último ano

As instituições educacionais estão sendo desproporcionalmente visadas por ataques de spear-phishing, de acordo com este estudo, realizado nos Estados Unidos.

O estudo descobriu que, no período de junho a setembro de 2020, mais de 1000 escolas, faculdades e universidades enfrentaram mais de 3,5 milhões de ataques de spear phishing.

Mais de um quarto deles foram ataques de comprometimento de e-mail comercial (BEC), um método que tem duas vezes mais probabilidade de ser usado contra instituições educacionais em comparação com uma organização média em todos os setores.

Mais de quatro em 10 (41%) de todos os ataques direcionados à educação foram spear-phishing, de acordo com a análise, com 28% de tentativas de golpes e 3% relacionados à extorsão.

Os ataques de spear-phishing diminuíram em julho e agosto, quando as escolas foram fechadas, e atingiram seu pico em junho e setembro: 11% e 13% acima da média, respectivamente.

Os cibercriminosos usaram cada vez mais o tópico COVID-19 como isca para esses ataques de phishing, com títulos de assunto incluindo ‘NOVAS ATUALIZAÇÕES DE COVID19’; ‘Acompanhamento de atualização da Covid-19 agora mesmo’; ‘COVID-19 SCHOOL MEETING’ e ‘Re: Stay Safe’.

Deixe uma resposta