Full IP da Eletronet

Full IP da Eletronet é classificado entre os 100 melhores do mundo em conectividade com apenas 3 meses de operação

Cenário

Em março de 2018, a Eletronet, fornecedora de serviços de trânsito IP e circuitos de alta velocidade em longa distância por rede de fibra óptica, com mais de 16 mil km, anunciou a entrada no mercado como NSP (Network Service Provider), com o serviço de Trânsito IP para ISP (Internet Service Provider). Apenas três meses depois, a empresa comemora a classificação pelo site Radar by Qrator entre as 100 melhores do mundo no ranking de conectividade (https://radar.qrator.net/as-rating#connectivity/1/eletronet). Em relação aos provedores de serviços de Internet do Brasil, a Eletronet já está entre as cinco melhores empresas, pelo mesmo ranking.
Questionados sobre como a Eletronet conseguiu chegar tão rápido a este resultado, os executivos explicaram que foi uma combinação de foco em alta qualidade de serviços com a escolha estratégica de um parceiro especialista em tecnologia IP, a Everest Ridge. “Tínhamos duas opções, fazer tudo do zero ou contratar uma consultoria especializada em desenvolvimento de serviços IP. A Everest Ridge foi essencial em todo o projeto. Do planejamento, à engenharia, equipamentos, concepção do produto, engenharia de tráfego e até o suporte pós-lançamento, a consultoria realmente agregou sua expertise neste novo produto. A empresa treinou nosso time, escolheu os melhores equipamentos, definiu junto ao board as políticas de peering e traçou as rotas para reduzir custos operacionais”, afirma Anderson Jacopetti, diretor de engenharia e operações da Eletronet.
Um dos pontos chave do sucesso da Eletronet no ranking do Radar by Qrator foi a estratégia de conexão com provedores Tier1, acesso aos conteúdos mais relevantes e conexão com os principais IXs (Internet Exchanges) nacionais e internacionais. “Esta estratégia que a consultoria nos propôs foi determinante para sermos considerados uma das cinco melhores em conectividade em apenas três meses. Nossos clientes conseguem acessar todos os conteúdos, incluindo vídeos, games, e-commerce e muito mais, de forma muito mais rápida e direta”, explica Cassio Lehmann, diretor de comercial da Eletronet. O executivo conta que o produto Full IP é um marco de grandes mudanças no futuro da empresa. “Este é o primeiro de uma série de serviços adicionais que serão lançados em nosso portfólio num futuro próximo”, enfatiza.
A estratégia desenvolvida em conjunto com a Everest Ridge foi baseada em 3 pilares: 1) escolha dos fornecedores de trânsito IP nacionais e internacionais, determinante para reduzir custos e manter a qualidade dos serviços; 2) conectividade e políticas de peering; 3) alto nível de qualidade no atendimento ao cliente.
Na escolha de provedores e na arquitetura da rede foi onde realmente contribuímos para reduzir custos do projeto e agregar valor ao Full IP. Analisamos o posicionamento geográfico da rede da Eletronet, propondo conectividade com os principais IXs, onde seria conectado de forma a proporcionar a melhor experiência ao cliente final. Também estudamos quais equipamentos seriam mais adequados ao projeto e, ainda, negociamos conexões para o cliente, a chamada política de peering, que incluiu conexão direta com os principais provedores de conteúdo para IP (empresas como Google, Facebook e Netflix), conta Eduardo Meirelles, diretor comercial da Everest Ridge. O Full IP da Eletronet está disponível em 18 estados, com disponibilidade de tráfego em 155 pontos de presença (POPs). A Eletronet utiliza o backbone OPGW de 16 mil km próprio, conectado aos principais pontos de troca de tráfego (PTTs) do país, entre eles os de São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Campinas, Brasília e Salvador; além de conexões diretas com Londres, Frankfurt e Amsterdam na Europa, e Nova York e Miami nos Estados Unidos.

Detalhes do Projeto

Categoria : Infraestrutura

Data : Novembro de 2020

Local : São Paulo - SP

Cliente : Eletronet

Amplie o sucesso e segurança de sua rede com a Everest Ridge

Oferecer qualidade de serviços é fundamental, mas garantir excelência e eficácia é uma vantagem competitiva importante para suprir a demanda de acesso e o aumento do tráfego, comum nas corporações em crescimento.