fbpx

Colocation ou servidor próprio? Qual a melhor opção?

Colocation ou servidor próprio

Colocation ou servidor próprio? Qual a melhor opção?

Em se tratando de tecnologia empresarial, os servidores são uma das soluções tecnológicas mais procuradas pelas empresas junto com armazenamento de dados, hospedagem de sites, softwares de gestão etc. Muitos gestores têm muitas dúvidas sobre qual é a melhor opção: colocation ou servidor próprio? 

 

Servidor próprio

O servidor de dados ou data center é um local onde ficam armazenados as informações, os aquivos e o banco de dados que alimentam os sistemas de uma determinada empresa. 

Muitas empresas possuem servidor próprio para armazenar seus dados fisicamente. Em geral, é um ambiente meio escuro e bem condicionado e instalado dentro da própria companhia. Para manter e gerenciar o servidor próprio, a empresa precisa ter uma equipe de TI para que a infraestrutura funcione corretamente 24 horas. A sala com os servidores aquecem bastante, por isso, o ambiente deve ser bem refrigerado, longe da luz solar. 

Além disso, o servidor próprio precisa de um gerador ou no-break, em acaso de falta de luz. Dessa forma, evita-se perda de dados. É fundamental ter uma equipe qualificada para realiar a manutenção diária do servidor. Para manter todo o servidor próprio, a empresa tem um custo elevado com pessoal qualificado, energia elétrica, entre outros. 

Em relação à segurança, é possível gerenciar o servidor de forma correta, gerenciando os usuários e senhas e realizado backups rotineiros. 

Leia também: Colocation, a solução ideal para muitas empresas

Colocation

O colocation ou housing é o serviço que aluga espaço físico e infraestrutura fornecidos em data centers terceirizados. Na modalidade do colocation, toda a infraestrutura de um data center é colocada a disposição do cliente por meio de um aluguel.

Em geral, as empresas terceirizadas oferecem os seguintes serviços, inclusos no colocation: serviço de hospedagem, climatização, espaço físico, fornecimento de energia, links de internet, monitoramento por circuito fechado de TV, detecção e combate a incêncio, entre outros benefícios. Além disso, a empresa terceiriada oferece uma equipe especializada para manter o servidor, prever problemas, realizar upgrades e análises de risco. 

Em resumo, o colocation terceiriza o serviço de TI, alugando a infraestrutura. Mesmo com os dados alocados num data center terceirizado, a empresa detém o controle de acesso total ao servidor. Muitas empresas preferem o colocation para usarem servidores que são ajustados com suas necessidades, sem precisar investir expertise e tempo na construação de uma data center. 

 

Colocation x Servidor Próprio

As empresas de grande porte, em geral, preferem o servidor próprio para fornecer aos seus clientes mais segurança e desempenho. Para companhias que têm a necessidade de reduzir custos, mas ainda desejam ter um servidor, o colocation é uma excelente opção, pois a empresa não precisa arcar com custo de alto e infraestrutura e equipe especializada, que são necessários para gerenciar e funcionar o servidor. 

Quando a empresa usa o serviço de colocation, ela é responsável por adquirir, manter os recursos de hardware e software. A locação é de infraestrutura e de espaço. 

Colocation ou servidor próprio? Cada empresa deverá analisar qual é a melhor opção de acordo com a sua necessidade e orçamento.

Quer saber mais sobre colocation?

Fale com nossos consultores

Conheça nossas soluções de Storage! Clique na imagem abaixo.

Sim!
Fale conosco!
Olá! Podemos te ajudar?