52% das invasões no mundo todo, acontecem por causa dos fake links

52% das invasões no mundo todo, acontecem por causa dos fake links

Segundo dados apresentados nesta reportagem, 52% das falhas de segurança que acontecem no mundo todo, tem seu início com os Fake Links.

Estes links, abertos muitas vezes por desconhecimento ou falta de treinamento por parte dos usuários, é uma das formas mais comuns de ataque. 

São enviados por SMS, e-mail ou redes sociais, abertos em dispositivos conectados à rede e abrem portas para o ataque. 

Por mais que hajam ferramentas e soluções, este sempre será um problema relacionado a segurança digital. Afinal, as ações dos usuários nem sempre podem ser monitoradas e em muitos casos, estas colocam em risco a segurança da estrutura. 

Naturalmente, existem inúmeras formas de atuação diante deste cenário. O mais importante e apontado por 51% das empresas pesquisadas, é a conscientização. 

Com treinamentos, protocolos e integração entre filtros, usabilidade correta e redes bem construídas, é possível reduzir drasticamente este risco. 

Em tempos onde a proteção dos dados ganhou muito destaque, graças a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), contar com treinamentos e qualificações neste sentido é fundamental para qualquer empresa. 

A pesquisa deixa claro que a segurança da informação é um contexto amplo e que envolve diversas engrenagens, que vão desde a tecnologia, até a forma como os usuários operam os terminais. Sem isso, ficará difícil conter os ataques e manter as informações em segurança.

Deixe uma resposta