You are currently viewing Por que os ataques Ransomware são tão perigosos?

Por que os ataques Ransomware são tão perigosos?

Cada vez mais comuns, os ataques de Ransomware representam um grande perigo para empresas de todos os ramos e tamanhos. Grandes ataques, como o “WannaCry”, que aconteceu em 2017, causaram prejuízos em grandes empresas, hospitais e órgãos públicos em todo o mundo, incluindo o Brasil.

 

Leia também: Terceirização de SOC, sua empresa protegida e muito mais segura

 

Mas qual o real risco que esse tipo de ataque representa? Nesse artigo você poderá entender melhor como esse tipo de ataque funciona e porque ele pode ser tão desastroso quando acontece.

O que Ransomware?

Criado para indisponibilizar ou roubar dados de uma determinada empresa, o Ramsonware tem como objetivo chantagear as suas vítimas, exigindo um regaste (“ransom”, em inglês, de onde deriva o seu nome). Caso a vítima não aceite as suas solicitações, existe a ameaça de publicar dados restritos ou comprometedores, ou até mesmo bloquear todo o acesso à essas informações.

No que se refere às empresas, os ataques Ransomware costumam bloquear sites e banco de dados, estipulando um prazo para que o resgate seja pago. Decorrido esse prazo sem quem o pagamento exigido seja feito, os criminosos podem aumentar o valor do resgate, bloquear definitivamente o acesso, ou deletar esses dados.

As versões mais recentes de Ransomware contam com uma ferramenta que criptografa os dados sequestrados, de forma que apenas o criminoso consiga decodifica-los. Dessa forma, sem o pagamento, é praticamente impossível recuperar o acesso, causando grandes prejuízos.

O impacto do Ransomware para uma empresa

O principal prejuízo causado por um ataque Ransomware está no comprometimento dos dados importantes para o negócio. Além de indisponibilizar os serviços da empresa, esses ataques podem fornecer informações confidenciais sobre projetos, clientes, fornecedores, entre outros.

A recuperação desse tipo de ataque pode ser demorada, pois envolve, além da identificação do problema, retomar o acesso aos dados, informar aos clientes e às autoridades sobre o problema, além de recuperar todo o tempo e trabalho que foi perdido. Esses ataques também podem prejudicar os clientes, que podem ter as suas informações expostas e compartilhadas indevidamente.

Os ataques de Ransomware são uma das ameaças mais prejudiciais da atualidade, e por esse motivo, empresas, organizações e entidades governamentais estão buscando encontrar formas mais eficientes de se proteger. Também é importante lembrar que, a IoT (Internet das Coisas) também vem sendo alvo desse tipo de ataque, principalmente por conectar inúmeros dispositivos.

É muito difícil se preparar para esse tipo de ataque, pois não existe um alvo específico e ele pode infectar por diversas portas de entrada. Uma das formas mais utilizadas na atualidade é através de um spam malicioso, que chega na forma de um e-mail não solicitado. Geralmente, esse e-mail vem acompanhado de uma armadilha na forma de arquivo, como um link, documento em PDF ou Word.

Através da estratégia de engenharia social, esse spam malicioso utiliza a fachada de amigos, empresas ou instituições confiáveis para enganar as suas vítimas. Com isso, a pessoa acaba abrindo esse arquivo e contaminando o computador, ou pior, toda a rede. Dessa forma, todas as informações e dados estarão suscetíveis ao controle dos hackers.