Mitigação de ataques DDoS, como ela vai proteger sua rede

Os ataques DDoS (Distributed Denial of Service) não são algo relativamente novo, mas sim, algo que vem ganhando muito espaço e gerando preocupações. Como eles inviabilizam a utilização dos servidores e máquinas virtuais, um ataque DDoS pode deixar uma empresa parada por horas e em alguns casos, até dias. Neste sentido, um processo de mitigação de ataques DDoS é fundamental para proteger sua empresa de paradas forçadas. 

Mas é preciso entender que a mitigação de ataques DDoS não se dá por um ou dois processos, mas sim, por uma visão mais ampla sobre a rede e seu funcionamento. 

Como acontece a mitigação de ataques DDoS

A mitigação de ataques DDoS nada mais é do que a filtragem do tráfego que chega até o servidor. Como você deve saber, o ataque DDoS é um “ataque de acessos em massa”, que inviabiliza a utilização do servidor ou máquina virtual. 

Como o ataque é externo e se dá através de milhares de acessos simultâneos, seu combate se dá através dos filtros, que podem ser de diferentes formas, como IP ou DNS ou até mesmo localização. 

Neste sentido, a mitigação de ataques DDoS vai literalmente “filtrar” os acessos ao servidor, permitindo apenas tráfego real. 

Naturalmente, há uma série de questões que envolvem a mitigação de ataques DDoS. Existem soluções, como sistemas anti-DDoS que são fundamentais para esta mitigação. Mas para que sua empresa esteja realmente segura contra este tipo de ameaça, é preciso contar com uma estrutura inteligente e pensada de forma ampla. 

A mitigação pode ser feita de diferentes formas e os softwares ajudam muito, mas não fazem sozinho o trabalho completo. 

Por isso, vamos te mostrar quais as melhores práticas para a mitigação de ataques DDoS. 

Práticas fundamentais para mitigação de ataques DDoS

Dentro das práticas de mitigação de ataques DDoS, existem 3 elementos que são fundamentais: monitoramento de redes, estrutura de acesso e softwares específicos. 

Monitoramento de redes para evitar ataques DDoS

O monitoramento de redes é fundamental para a mitigação de ataques DDoS. A lógica é simples: no momento em que é verificado uma quantidade de acessos muito grande, de locais diferentes e fora do padrão normal, já é possível verificar se isso realmente se trata de um ataque. 

Com o monitoramento de redes, será muito mais rápido detectar tal ameaça. E em termos de ataques, o diagnóstico rápido é fundmental! 

Será muito mais rápido, simples e eficiente mitigar o ataque, quando este é detectado logo no início. Por isso, para mitigar corretamente os ataques DDoS, é fundamental contar com um bom serviço de monitoramento de redes

2- Waf

O Waf (Web Application Firewall) permite altos níveis de personalização e consegue filtrar inúmeras ameaças. Quando ele é bem integrado, dentro da estrutura de TI, é possível utilizá-lo de forma integrada a outras ferramentas, para evitar ataques. 

3- Sistema anti-DDoS

Os elementos citados acima são fundamentais na prevenção dos ataques. Mas é no sistema Anti-DDoS que realmente a mitigação acontece. Se ele for eficiente e integrado corretamente as demais ferramentas, será possível mitigar rapidamente o tráfego do ataque. 

O sistema Anti-DDoS detecta e bloqueia o tráfego, com base em diferentes filtros. Por exemplo, há muitos ataques vindos de IPs localizados na Ásia. Existem sistemas Anti-DDoS que conseguem filtrar especificamente estes IPs, com base em localização (consulte-nos para saber mais). 

Desta maneira, é possível estabelecer processos eficientes e claros de mitigação de ataques DDoS. 

Lembre-se que segurança digital é algo relacionado a um contexto e não a ferramentas apenas. Contar com uma empresa como a Everest Ridge, vai fazer com que sua empresa esteja muito mais protegida. 

Além de contar com as melhores soluções, temos um alto poder de adaptabilidade e flexibilidade. Assim, sua empresa estará de fato protegida e sua rede terá um desempenho muito melhor. 

Para saber mais, fale conosco! 

Deixe um comentário